O Brasil é um país tropical que alcança temperaturas acima dos 40° C em algumas cidades. Esse calor excessivo pode causar problemas de saúde em todos nós, mas especialmente nas pessoas mais sensíveis, como idosos e crianças. Por isso, é preciso redobrar a atenção para os cuidados com idosos no verão.

Para que eles não sofram complicações como hipertermia (aumento da temperatura corporal) ou desidratação, familiares e cuidadores devem tomar medidas preventivas que possam garantir ao idoso mais saúde e conforto nos dias quentes.

Redobre os cuidados com idosos no verão
Segundo Maria Alice Toledo, geriatra e vice-presidente da SBGG (Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia), com a chegada da idade o organismo passa por algumas alterações, como a redução da percepção do calor, a redução da sensação de sede e a redução da capacidade de termólise (eliminação do calor do organismo).

Assim, os idosos têm maior dificuldade em adaptar-se aos dias mais quentes e temperaturas elevadas. Além de não conseguirem perceber os sinais que o corpo envia, avisando que algo está errado. Então, os cuidados com idosos no verão devem envolver medidas que possam favorecer a hidratação do organismo e reduzir o calor corporal.

Bem-estar:
1 – Água: Beba água não em grandes quantidades, mas diversas vezes ao dia, para que o corpo mantenha-se hidratado. O ideal é no mínimo 2 litros por dia.

2 – Alimentação: O ideal é alimentar-se de 3 em 3 horas com alimentos frescos e leves. Deve-se evitar refeições quentes e de difícil digestão, dando preferência para legumes, verduras e frutas. Os sucos naturais e sorvetes também podem ser explorados. Evite a cafeína e o álcool, pois desidratam o organismo. Uma alimentação balanceada garantirá os nutrientes para manter o corpo saudável no verão.

3 – Roupas: As roupas e tecidos utilizados no verão devem ser leves e frescos, preferencialmente de algodão e em cores claras. Evite peças apertadas e desconfortáveis. A roupa de cama também pode ser substituída por uma com menor quantidade de fios na trama, mais fresca para essa época do ano.

4 – Exposição solar: Evite a exposição solar em horários de picos (10 e 16 horas). Prefira buscar abrigo num locar fresco, arejado e coberto, ou que possua ar condicionado.

5 – Acessórios: Os óculos de sol e bonés, ou chapéus, ajudam a proteger o corpo contra o calor. Não dispense esses acessórios quando o estiver em locais de exposição ao sol.

6 – Filtro solar: Os cuidados no verão não dispensam o uso de filtro solar, que deve possuir um fator alto para proteger eficazmente a pele sensível do idoso.

7 – Ar condicionado: Adote o ar condicionado para os ambientes utilizados, caso sejam quentes e abafados.

8 – Umidificador de ar: Nos dias de baixa umidade relativa do ar, faça uso do umidificador também, para equilibrar a atmosfera do ambiente e deixar o espaço mais fresco.

9 – Banho: O banho no verão deve ser mais fresco para não ferir sua pele e para manter a temperatura corporal ideal (36° C).

10 – Exercícios: Idosos que se exercitam devem evitar os horários mais quentes do dia e dar preferência para atividades refrescantes, como a hidroginástica, um exercício que traz muitos benefícios para eles.

Com esses cuidados com no verão você garante mais qualidade de vida nessa época do ano e reduz os riscos de complicações.

FONTE:  http://vidalarsaude.com.br/blog/10-cuidados-com-idosos-no-verao/