É hora de aproveitar o verão, estação mais quente do ano que vem acompanhada de muito sol, praia e descanso, mas que também pode ser sinônimo de alguns probleminhas chatos de pele, como queimaduras solares, ressecamento e as incômodas micoses.

Por isso, o cuidado deve ser redobrado para você curtir o calor sem se preocupar, enquanto mantém a pele saudável. Alguns cuidados são essenciais para te ajudar a curtir o verão sem prejudicar a saúde da sua pele.

Filtro Solar

O bom e velho protetor solar deve ser seu companheiro inseparável. Os raios solares causam danos irreversíveis na pele a curto e longo prazo. Desde vermelhidão acompanhada de ardência, às manchas e até câncer de pele. Invista em produtos com fator de proteção 30, no mínimo. Além disso, renove a proteção a cada duas horas, e após banhos de mar e de piscina.

Betacaroteno

Você quer pegar aquele bronze bonito sem abrir não da saúde da pele? Invista em alimentos ricos em betacaroteno. Os vegetais amarelos e alaranjados, como a manga, laranja e a cenoura, são as principais fontes desse nutriente. O betacaroteno é convertido em vitamina A e é um dos principais responsáveis pela saúde da pele.

Hidrate-se

Creme hidratante é um item indispensável, pois ajuda a evitar o ressecamento, manter o bronzeado e evitar que a pele descasque. Além disso, beber muito líquido é importante para manter a pele hidratada de dentro para fora, como água de coco, água mineral e sucos naturais.

Cuidados com a depilação

Estar com a depilação em dia é quase regra para quem quer desfilar pelas praias e piscinas sem se sentir desconfortável. Por isso, é essencial escolher o método certo para você. A maioria das pessoas opta pela depilação com cera ou lâmina, que podem ser agressivas e resultar ana temida foliculite, bolinhas vermelhas que surgem normalmente após a depilação, parecidas com acne e que podem até inflamar.

Cuidado com a micose

As temíveis micoses também são um pesadelo nessa época do ano. As praias e clubes, devido ao grande fluxo de banhistas, costumam ser verdadeiras estufas para fungos e bactérias. A saída é utilizar sabonetes antissépticos e também atentar-se aos sintomas, que podem incluir irritação na pele e coceiras.

Produtos

Evite esfoliar a pele com produtos muito agressivos durante os dias em que estiver expondo a pele ao sol. Ela tende a ficar mais sensível nessa situação e o uso de esfoliantes pode ser prejudicial.

Outra dica importante é abandonar produtos que contenham ácidos e ficar atento ao tempo de recuperação após tratamento a laser ou peeling. Agregada a esses fatores, a exposição solar pode resultar em manchas na pele.

Maria Lucia

Esteticista

Malu estética

A causa mais frequente da osteoporose é a diminuição dos hormônios sexuais nas mulheres, principalmente após a menopausa. Osteoporose significa a diminuição da concentração de cálcio nos ossos longos, tornando-os mais fracos. A baixa da resistência dos ossos provoca dores generalizadas e, nos casos mais graves, a ocorrência de fraturas. As fraturas mais frequentes em decorrência da osteoporose são as de região do quadril, punho e coluna vertebral.

O tratamento da osteoporose ainda está em desenvolvimento. Até o momento apenas se conseguiu manter a massa óssea, não se registrando reversão do quadro da osteoporose já instalada. Durante o tratamento, orienta-se o paciente a diminuir a ingestão de bebidas alcoólicas, evitar fumo e café, realizar exercícios regulares e prevenir a ocorrência de quedas acidentais. Além dessas recomendações, prescrevem-se medicações para correção hormonal, dependendo de cada paciente.

É muito importante o tratamento preventivo da osteoporose por meio de exercícios regulares, porque não temos ainda no mercado drogas que revertam o quadro.

Fonte: Pharmácia Essencial – www.pharmaciaessencial.com.br

Impor limites aos nossos filhos nos dias de hoje pode até parecer uma atitude muito autoritária, mas que não passa de uma demonstração de muito amor. Eles precisam desses limites para que aprendam a ter respeito perante os pais e aos próximos, e esse papel é de responsabilidade das famílias e muitas vezes tem um legado muito significativo dentro das escolas.

Um ponto principal nesta imposição de limites, é ter muita clareza naquilo que se quer impor. Ficar mudando de opinião toda hora pode deixar a criança confusa e com menos confiança.

Abaixo algumas dicas:

  • Cumprir sempre o que prometer para a criança;
  • Informar as regras e seus objetivos;
  • Não ameaçar;
  • Falar com segurança, de forma clara e segura;
  • Pedir apenas uma vez após o combinado;
  • Ser pais unidos.

Neste último ponto, se família mora junto é importante ter um diálogo e uma resposta igual para as coisas. Quando os pais são unidos o filho acaba tendo mais respeito perante os dois. O que não pode acontecer é um afirmar uma coisa e o outro dizer que não é assim. Isso apenas facilita o desentendimento dos pais e o não cumprimento por parte dos filhos. Sabemos que não é uma tarefa fácil, mas uma conversa, chamar atenção não vai fazer com que seu filho deixe de amar você.

É fundamental colocar limites, pois isso é um ato de amor. As crianças precisam respeitar seus pais, assim como você respeitou os seus. Se isso não acontecer agora, mais difícil vai ser na adolescência. Se você tiver dificuldades, não hesite em pedir ajuda, desde uma amiga, pois experiências das outras pessoas podem contribuir e muito nessas questões, ou até solicitar a ajuda de um profissional.

Educar é uma responsabilidade dos pais e que impacta na vida futura do seu filho.

Fonte: Escola Raio de Luz