Divertidos e especiais, os animais de estimação são excelentes companhias e sempre proporcionam experiências únicas e recompensadoras. Não importa se o pet em questão é um cão, um gato, um coelho ou uma calopsita: é fato que o amor deles é puro e verdadeiro, e seus donos devem retribuir este amor com atenção e cuidados básicos para uma vida saudável.

A tarefa de cuidar de um pet traz consigo responsabilidades que não podem ser ignoradas pelos futuros adotantes de pets. Os cuidados diários com os bichinhos são divertidos, porém um tanto trabalhosos, e devem incluir acesso à água e alimentos apropriados, ambiente limpo e seguro. livre de sons altos e riscos aos animais.

Oferecer alimento balanceado e de qualidade, que atenda às necessidades nutricionais de cada espécie, é fundamental para que o pet cresça saudável e feliz. A dieta de um cão idoso é diferente da dieta de um cão jovem, por exemplo, assim como um alimento que é permitido para um gato pode não ser adequado a outra espécies. É importante dar a devida atenção aos tipos de alimentos oferecidos aos pets, pois cada espécie e raça tem características e necessidades únicas. A quantidade de comida, bem como a oferta de muitas guloseimas, pode desencadear problemas de saúde ao pet, como obesidade, problemas renais e doenças cardíacas.

O acesso fácil a água limpa e fresca também é essencial para o pet. A tigela de água deve ser limpa constantemente e jamais deve ficar exposta ao sol, para que mantenha o seu frescor. A limpeza semanal de aquários para pets como tartarugas e peixes não deve ser negligenciada, pois a má higienização é um prato cheio para proliferação de bactérias e doenças.

Muitos pets, como os cães, gatos, coelhos e aves, apreciam o ar livre, porém o dono deve oferecer um abrigo acolhedor para os momentos em que o animal que fugir do calor ou do frio, ou apenas se entocar. No período da noite, há pessoas que preferem trazer seus pets para dentro de casa, porém deve-se evitar deixar objetos expostos, para a segurança dos animais de estimação e dos moradores.

Os pets que são domesticados geralmente fazem suas necessidades básicas em locais específicos, o que gera uma preocupação a menos para os donos. Por motivos de higiene, as áreas onde os pets fazem xixi e cocô devem ser afastadas da área onde os mesmos se alimentam ou dormem. Gatos e coelhos devem ter pelo menos uma caixa de areia, enquanto os cães podem ser educados para fazer suas necessidades em um cantinho. A limpeza desses locais se faz extremamente necessária para a proteção da saúde dos pets e um ambiente limpo para todos.

Outros hábitos saudáveis que integram os cuidados básicos aos pets incluem levá-los para passear com coleira de identificação (com telefone para contato e informações básicas), dar atenção diária ao animal, promover a socialização, oferecer brinquedos que estimulem seus sentidos, realizar exame de rotina com um veterinário pelo menos uma vez ao ano e dar banho (no caso dos cães, por exemplo), cortar as unhas e atentar-se a possíveis mudanças de comportamentos. Desta forma, a amizade e comunhão entre você  e seu pet com certeza serão mais fortes e felizes.

 João Manoel S. B. de Meneses 

Fonte: Revista Atibaia Connection